Cronistas
    845

“Cachorro bento, cavalo bento...”

15/02 de 2012 às 21:13

...tudo isso eu já vi. Mas Papa Bento...


 


O senhor Ratzinger que me perdoe, mas não pude evitar o trocadilho com esta passagem de O Auto da Compadecida.


 


O Papa chegou aqui em São Paulo e o trânsito, que já não é muito católico normalmente, ficou o inferno. A combinação São Paulo, chuva e Papa sem dúvida nenhuma é uma perigosa trindade.


 


O alemão já veio dizendo que a América Latina tem sede de deus. Sede de deus? A América Latina? É um brincalhão. A América Latina tem sede de dinheiro, de igualdade social e de respeito. Pelo o que eu observo, tem deus sobrando por aqui.


 


E vem com aquela mesma velha cantilena de que não pode usar camisinha, que aborto é um absurdo, que deus castiga, que o povo tem que ir mais à missa, que não pode cobiçar a mulher do próximo, que tem que confessar os pecados e, como em concurso de miss de filme, a paz mundial.


 


Os Papas dizem muitas besteiras, cometem algumas irresponsabilidades até, mas também falam coisas bonitas, de conforto à alma e mensagens de esperança. Quero ver se esse Papa é realmente bom nisso quando chegar a hora do rush e os paulistanos amargarem horas no trânsito por conta de Sua Santidade. Aposto que vai ter muito beato mandando o tal Joseph Ratzinger pros quintos dos infernos.


 


Eu vou dar um desconto pro velhote, porque fiquei sabendo que além de tocar piano, o cara também torce pro Bayern de Munique. Eu também já toquei piano, e torço pro Bayern no exterior.


 


Será que quando o Bayern perde o Papa fica puto? Deve ser muito engraçado ver o Papa com o dedo médio em riste toda vez que o adversário faz um gol. E se eu pedir para ele autografar uma camisa do Werder Bremen, será que ele levará numa boa?


 


Eu adoraria sentar numa mesa de bar para bater um papo com o Papa. Um papo com o Papa, hã? Essa ficou boa. Eu ir ia metralhá-lo de perguntas que nunca ninguém conseguiu me responder. E lá no meu íntimo algo me diz que o pontífice iria engasgar, mudar de assunto e pedir outra Bohemia. Ou então me cochicharia um provável “Meu filho, você quer que eu perca o meu emprego?”


 


Seria melhor idéia levar o Papa para outros recantos brasileiros. São Paulo é muito cosmopolita, tem aquela coisa toda de metrópole. Ele vai ficar no Mosteiro de São Bento (claro, olha o nome), com vista para a Rua Líbero Badaró, que se tivesse táxis amarelos passaria tranqüilamente por Nova Iorque.


 


Levem o Papa lá pro sertão. Pra comer calango e beber o sumo do xiquexique. Aposto que o seu Ratzinger iria esquecer essas besteiras de camisinhas e aborto e iria ver que tem gente que precisa de muito mais do que de um deus.


 


Desculpem o mau humor. Estou com a garganta inflamada, com febre e irritado. E quando estou irritado fico sem papas na língua. Sem papas na língua; essa foi boa também.

Deixe seu comentário!

    Nome (obrigatório)
    E-mail (não será publicado) (obrigatório)
    Mensagem:

contato@cronistas.com.br

© 2011 cronistas.com.br - Todos os Direitos Reservados - É proibida a reprodução do conteúdo deste site sem prévia autorização

Desenvolvido por Dk3 Internet.