Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/cronista/public_html/Connections/painel_config.php on line 10
 Cronistas

Rock and roll na veia!!!!


Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/cronista/public_html/index.php:5) in /home/cronista/public_html/pgs/contadorLeitores.func.php on line 23

Warning: session_start(): Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /home/cronista/public_html/index.php:5) in /home/cronista/public_html/pgs/contadorLeitores.func.php on line 23
    576

Um por todos e todos por um

19/01 d 2012 as 00:59

Imagine a seguinte situação: você marca de sair em um sábado à noite com uma pessoa que você está afim, e decide ir a uma pizzaria. As pessoas que freqüentam o recinto possuem um certo status, não é qualquer "pé rapado" que faz uma refeição lá. Às 21:10 você se encontra com a pessoa e vocês vão para a pizzaria. Suponhamos que o trajeto feito a partir do ponto de encontro demore uns 35 minutos, então vocês chegam na porta do restaurante às 21:45, e tudo estaria normal se não houvesse quatro Mosqueteiros sentados logo na primeira mesa da pizzaria. Isso mesmo, os caras estão a caráter, com calça "pula brejo", uma camisa branca cheia de firulas, um colete com um símbolo dourado na frente e um chapéu com o mesmo símbolo e uma pena. Qual seria a sua reação, ir embora? Dizer que estão no restaurante errado?


 


Bem, esta foi uma situação verídica, na qual eu colaborei sendo um dos Mosqueteiros. Acho que a reação das pessoas foi de surpresa, pois todos que entravam no restaurante ficavam olhando para a mesa em que estávamos. Agora você me pergunta o motivo de estarmos vestidos desta maneira, e a resposta poderia ser bem simples: somos totalmente insanos. Mas para que facilitar se posso complicar? Assim ajudo minha crônica ficar maior...


 


Na verdade o "mico que pagamos" foi bem justificado, ajudamos um dos Mosqueteiros fazer uma serenata como homenagem para sua namorada. Com isso percebi que esse negócio de "pagar mico" é muito relativo. Eu, por exemplo, costumo ter atitudes extremamente discretas, sem fazer coisas que chamem a atenção, mas resolvi aceitar o convite. Na verdade me convidei para cantar. Já um outro cidadão, o qual não citarei o nome, mas diga-se por passagem que toca violão muito bem, decidiu não participar da homenagem umas 30 horas antes do combinado, após saber que talvez utilizássemos sapatilhas, apesar de não admitir que seria este o motivo. Mas tudo bem, até que a serenata não foi tão ruim (hehehehe...).


 


Mas a "palhaçada" não termina por aí, marcamos um ensaio para o sábado, por volta de 16:30, o qual realmente aconteceu por volta das 17:15, atrasei um pouco devido a alguns compromissos. E imaginem só que conseguimos ensaiar, até mudamos uma música do repertório que já estava definido. Na minha opinião a pior hora foi quando saí de casa com a fantasia, minhas mãos estavam suadas, e aquele frio na barriga aumentava.



O combinado foi encontrar com dois dos Mosqueteiros na esquina da pizzaria, pois o quarto Mosqueteiro já estava comigo. A cena mais cômica foi na hora que nos encontramos. Se ver uns caras vestidos de Mosqueteiros dentro da pizzaria já é estranho, imagine ver um mosqueteiro trocando de roupa dentro do carro. É sério, fiquei até com medo que passasse uma viatura de polícia por ali e detivesse os cidadãos por atentado ao pudor. Passada a adrenalina desta parte foi só seguir o script, chegar na pizzaria pelo meio da rua, entrar, e fazer a serenata.

Depois de cantar veio a melhor parte, a comida, pois como já diria minha mãe, saco vazio não pára em pé.

Você pode até pensar que somos totalmente insanos, como já disse anteriormente. Mas a vida é assim, ou você passa por insano, ou se torna um maluco.

Deixe seu comentário!

    Nome (obrigatório)
    E-mail (não será publicado) (obrigatório)
    Mensagem:

contato@cronistas.com.br

© 2011 cronistas.com.br - Todos os Direitos Reservados - É proibida a reprodução do conteúdo deste site sem prévia autorização

Desenvolvido por Dk3 Internet.